Davincci Lourenço de Almeida foi capa da edição da edição 2.462 de 17 de fevereiro de 2017 da revista IstoÉ em reportagem que relata, entre outras informações, uma história em que ele teria supostamente levado uma mala cheio de dinheiro ao ex-presidente Lula. Mas essa não foi a primeira vez que Davincci, chamado de “química sem formação superior” pelos repórteres da IstoÉ, realizou acusações a políticos, empresários e militares brasileiros.

Desde 2015, Davincci Lourenço de Almeida é responsável por gerir uma série de perfis em redes sociais que publicam de forma consistente e em volume impressionante supostas denúncias, boatos e acusações com pouco ou nenhum fundamento. É o que hoje tornou-se comum chamar de “fake news”, conteúdos publicados como se fossem notícias, mas que não tem uma fonte confiável ou são propositalmente criados para desinformar, causar confusão e fazer correr pela internet informações falsas.

Davincci já acusou políticos, coronéis, generais e brigadeiros das forças armadas, empresários e empresas de uma série de crimes que vão de roubo de patente, a corrupção, assassinato, até a “criação” proposital do zika vírus e de tsunamis como uma forma de controle populacional pelo governo brasileiro. É realmente impressionante a quantidade de informação sobre crimes no Brasil a que tem acesso Davincci Lourenço de Almeida. Se forem levadas a sério ele deve ser o maior delator da história do Brasil, e sabe muito mais do que qualquer pessoa envolvida na Operação Lava Jato.

davincci lourenço de almeida

Davincci Lourenço de Almeida afirma em suas redes sociais que terremotos e tsunamis são causados propositalmente

 

Mas o fato é que nenhuma dessas denúncias jamais levou a uma investigação de verdade por falta de qualquer prova. O resultado é que Davincci Lourenço de Almeida é hoje alvo de uma série de processos na Justiça por calúnia, difamação e outros crimes, além de ser investigado em inquérito policial que corre em segredo de justiça.

Deputado Federal gravou vídeo para desmentir acusações de Davincci na internet

Recentemente o deputado federal Celso Russomanno (PRB-SP), uma das muitas vítimas das acusações de Davincci, divulgou um vídeo em seu canal oficial no YouTube para desmentir informações propagadas pelas redes sociais. Ele relata uma história tortuosa em que afirma que recebeu de Davincci uma denúncia de supostas fraudes que estariam ocorrendo em urnas eletrônicas pelo Brasil (mais uma área em que o “químico sem formação superior” possui, de alguma forma, informação privilegiada que nem a Polícia Federal e nem o Ministério Público tem).

Russomanno, então, levou o assunto às autoridades competentes que, por sua vez, não conseguiram mais entrar em contato com Davincci Lourenço de Almeida para comprovar suas acusações. Tempos depois o próprio deputado passou a ser acusado por Davincci em vídeos postados na internet. Em seu vídeo Russomanno afirma, fazendo referência ao acusador: “A realidade é que ele acusa, acusa, sem ter provas. E o que ganha com isso? Muitos processos dos quais ele vive fugindo”. O deputado ainda fala sobre as acusações: “O que você diz não tem nexo nenhum, parece que você tem um parafuso a menos, algum problema mental” e vai além, “as acusações eram desproporcionais, de alguém que vive em outro mundo”.

De acordo com Russomanno, Davincci é um homem que vive para aparecer: “Faz denúncias, quer aparecer e foge” e encerra o vídeo dizendo que as provas que Davincci afirma ter na verdade não existem: “Se ninguém investigou nada até hoje, talvez porque tudo o que você falou é pura mentira”.

Assista ao vídeo completo de Celso Russomanno a seguir:

 

Os processos que correm na Justiça contra Davincci Lourenço de Almeida e outras investigações

Não é apenas o deputado federal Celso Russomanno que foi vítima das acusações de Davincci Lourenço de Almeida. Ele também é processado pelo ex-presidente Lula, seus ex-sócios e algumas das maiores empresas do Brasil. Confira a seguir os principais processos e inquéritos contra Davincci que é acusado principalmente de calúnia e difamação em razão dos conteúdos que publica na internet.

  1. Ex-presidente Lula processa Davincci e revista IstoÉ e por calúnia de difamação
  2. Vale Fertilizantes processa Davincci por calúnia e difamação nas redes sociais
  3. Acionista do grupo Camargo Correa processa Davincci por calúnia e difamação
  4. Ex-sócios processam Davincci por usar marca após dissolução de empresa
  5. Davincci foi alvo de Inquérito Policial, segundo informações de Celso Russomanno
  6. Davincci é processado por Brigadeiro da Aeronáutica por calúnia e difamação
  7. Advogado da Camargo Correa processa Davincci por calúnia e difamação

Ex-presidente Lula processa Davincci e revista IstoÉ e por calúnia de difamação

Lula davincci lounreço de almeida

Em fevereiro de 2017 a revista IstoÉ estampou nas bancas de jornais a capa “Levei mala de dinheiro para Lula” abordando o depoimento de Davincci Lourenço de Almeida que afirmou, sem apresentar informações que poderiam levar a uma investigação real, que entregou dinheiro para o ex-presidente da república a mando de Fernando de Arruda Botelho, sócio fundador da empreiteira Camargo Corrêa, que tragicamente morreu em um acidente aéreo e não tem como se defender das acusações e boatos. Os advogados do ex-presidente ingressaram com uma ação por calúnia e difamação contra Davincci e a revista no dia 22/03/2017. Em nota, a defesa do ex-presidente detalhou o processo:

“Na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, propusemos hoje (23/02/2017) ação de reparação por danos morais contra a Editora Três Ltda. (em recuperação judicial), Sérgio Pardellas, Germano Oliveira e Davincci Lourenço de Almeida em decorrência da reportagem “Levei mala de dinheiro para Lula”, texto mentiroso e sensacionalista publicado na IstoÉ (edição nº 2462 de 22/2/2017). A ação pede a condenação solidária dos réus ao pagamento de indenização no valor de R$ 1 milhão.” (…) “O mais grave é que a reportagem fiou-se na fantasiosa versão de Davincci Lourenço de Almeida, pessoa cujo histórico de vida contempla outros atentados contra a honra alheia.” É possível conferir a nota na íntegra aqui: http://www.lula.com.br/lula-processa-revista-isto-e-por-materia-mentirosa-e-sensacionalista

Foi divulgada também a inicial da ação em que os advogados de Lula classificam a reportagem como caluniosa e irresponsável: “a denúncia em tela é absolutamente mentirosa e inventada por um farsante que almeja apenas momentos de fama instantânea às custas de quem quer que seja”. E ainda fazem uma ressalta sobre Davincci: “pessoa que não merece qualquer credibilidade diante do seu conhecido histórico em delegacias e nos Tribunais”.

A defesa do ex-presidente Lula enumera algumas das graves ações praticadas por Davincci contra uma série de pessoas:

a) “O RÉU DAVINCCI LOURENÇO DE ALMEIDA tem um vasto histórico de mentiras”;

b) “O RÉU DAVINCCI tem um gravíssimo histórico de inimizade com ROSANA CAMARGO DE ARRUDA BOTELHO, sendo inclusive acusado de extorquir esta senhora”;

c) “O RÉU DAVINCCI já demonstrou que está disposto a “dizer qualquer coisa” para obter alguns minutos de fama, com declarações ofensivas veiculadas constantemente em redes sociais e outros meios com ampla divulgação”;

d) “Figurando como demandado em diversas ações cíveis e criminais no TJSP, este RE´U [Davincci Lourenço de Almeida] não viu no ex-Presidente da República a primeira vítima de suas excentricidades, seus devaneios e suas mentiras. A incursão, então, é necessária a fim de se expor esse quadro a respeito do RÉU DAVINCCI”;

e) “Intitulando-se “físico químico nuclear”, ou expert em “física quântica”, mesmo confessando não possuir nenhum diploma de graduação, recentemente afirmou ter inventado “produtos de nanotecnologia”, que teriam sido vendidos a forças de segurança nacionais e internacionais: “em 1991 em uma reunião (sic) secreta com agentes da OTAN passei para engenharia da NASA produtos de NANOTECNOLOGIA MILITAR uv30 como projetar Pico e nano as medidas ainda desconhecida e usadas por humanos e agora 2017 percebo que usam em configuração projetada a ILUSÃO remota trabalhando o real com ilusionismo. Davincci Lourenço de almeida cientista de NANOTECNOLOGIA aeronáutica pode provar explicar que Projeto Blue Beam é plágio primário de holográficas é nano. o Passo Quatro do Projeto Blue Beam da NASA. A quarta etapa diz respeito à manifestação universal sobrenatural com meios eletrônicos. Ele contém três diferentes orientações. Uma é fazer com que a humanidade acreditar que um estrangeiro (fora do mundo), a invasão está prestes a ocorrer em todas as principais cidades do mundo, a fim de provocar cada nação importante para usar suas armas nucleares para atacar. Desta forma, o Tribunal de Justiça das Nações Unidas que exige que todas as nações, que lançou as armas nucleares para desarmar quando a invasão é que tenham sido comprovadamente falsos. ESPEREMOS COISAS OCULTAS NO MUNDO REAL”. (publicação de 31.01.2017 – destacou-se)”.

É possível conferir a inicial da ação na íntegra aqui: http://www.conjur.com.br/dl/acao-danos-morais-lula-istoe.pdf. O processo que corre na Justiça pode ser conferido no JusBrasil: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/441282451/andamento-do-processo-n-1004316-0620178260564-procedimento-comum-22-03-2017-do-tjsp?ref=topic_feed

Vale Fertilizantes processa Davincci por calúnia e difamação nas redes sociais

A Vale Fertilizantes, companhia brasileira fundada em 2010, é subsidiária da mineradora Vale, uma das maiores empresas do país. A empresa também foi alvo de Davincci por um longo período em que ele publicou acusações sem provas nas redes sociais. Em fevereiro de 2017 a empresa decidiu entrar com uma ação contra Davincci para cessar as acusações na internet. O processo pode ser conferido na integra através do link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/426427631/andamento-do-processo-n-1000054-0320178260050-crimes-de-calunia-injuria-e-difamacao-de-competencia-querelante-vale-fertilizantes-s-a-06-02-2017-do-tjsp?ref=topic_feed

Ex-sócios processam Davincci por continuar usando marca registrada após dissolução de empresa

Alerta_UV30 davincci lourenço de almeida

Davincci foi sócio de Fernando de Arruda Botelho em uma empresa que produziu um produto chamado UV30 para limpeza a seco de automóveis e aviões. Tudo mudou após a morte de Fernando de Arruda Botelho em um acidente aéreo em 13 de abril de 2012. A parceria foi mantida pela Camargo Corrêa, mas passado algum tempo foi tomada a decisão de fechar a nova empresa. O processo não menciona as razões da paralisação das atividades, mas a percepção é que foram descobertos problemas operacionais para que fosse iniciada produção em escala industrial. O negócio não era viável comercialmente. Isto culminou no fim da sociedade conforme registrado na Justiça Federal pelos advogados da Camargo Corrêa. Davincci não compareceu para assinar os documentos necessários durante o processo. Ele também não pôde ser localizado por ter fornecido o endereço errado.

Ainda hoje Davincci afirma ser sócio da empresa e continua comercializando o produto mesmo com alertas espalhados pela internet de que não pode ser vendido e que não tem registro na Anvisa. A medida foi anunciada no diário oficial dia 31 de janeiro de 2017 que pode ser conferido na íntegra no link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/424407100/andamento-do-processo-n-1004780-5120158260224-procedimento-comum-31-01-2017-do-tjsp?ref=topic_feed

Davincci Lourenço de Almeida é alvo de Inquérito Policial, afirma Celso Russomanno

Além de processos por calúnia e difamação, Davincci ainda é investigado pela polícia em caso envolvendo o deputado federal Celso Russomanno, que fez um boletim de ocorrência por conta das acusações e ataques que Davincci realizou nas redes sociais e que ele mencionou no vídeo acima. O boletim se tornou um inquérito policial, segundo o deputado, mas a polícia não conseguiu localizar Davincci, já que o endereço fornecido por ele era falso. Portanto ele foi indiciado indiretamente, sendo considerado culpado por calúnia, injúria e difamação.

“A realidade é que ele [Davincci] acusa, acusa, sem ter provas. E o que ganha com isso? Muitos processos dos quais ele vive fugindo.”
-Celso Russomanno (PRB-SP) em vídeo

É possível encontrar na internet ao menos um inquérito policial em que Davincci é acusado: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/409513379/andamento-do-processo-n-0012939-0720164036119-inquerito-policial-28-11-2016-do-trf-3?ref=topic_feed

O boato da fraude em urnas eletrônicas foi inclusive desmentido pelo site Boatos.org, que investiga informações falsas divulgadas na internet. Segundo o site a notícia é falsa por não levantar qualquer prova que mostre que de fato aconteceram irregularidades durante a eleição em 2012 e que também nenhum veículo de imprensa chegou a noticiar qualquer problema com as urnas. Ainda de acordo com o site, Davincci não fez qualquer denúncia para a Justiça Eleitoral.

Veja a análise completa aqui: http://www.boatos.org/politica-2/russomanno-fraudou-urnas-eleicoes.html

Acionista do grupo Camargo Correa processa Davincci por calúnia e difamação

Conforme publicado no Diário Oficial em 6 de junho de 2106, a sócia-acionista do grupo Camargo Corrêa, Rosana Camargo de Arruda Botelho, ingressou com uma ação contra Davincci por calúnia e difamação. Rosana passou a ser alvo de Davincci após a morte de Fernando de Arruda Botelho.

Nas redes sociais Davincci chegou ao absurdo de dizer que a viúva, em conjunto com outras pessoas, foi a responsável pela morte de Fernando de Arruda Botelho. Por conta de todos esses ataques e especulações absurdas, ela ingressou com o processo por calúnia e difamação pedindo para que as acusações cessassem, além de ter todo o conteúdo difamatório retirado das redes sociais. Mesmo com o caso correndo na Justiça, Davincci continua acusando a viúva de Fernando de Arruda Botelho.

A íntegra do processo pode ser acessada pelo link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/documentos/346139969/andamento-do-processo-n-1000361-8820168260050-representacao-criminal-noticia-de-crime-querelante-rosana-camargo-de-arruda-botelho-06-06-2016-do-tjsp?ref=topic_feed

Davincci é processado por Brigadeiro da Aeronáutica por calúnia e difamação

Conforme já publica neste blog, Davincci possui muitos perfis e se apresenta de dezenas de formas diferentes nas redes sociais. Um dos personagens que ele utiliza é do “militar”, que usa para intimidar e ameaçar pessoas efetivamente ligadas às Forças Armadas. Como no caso do Brigadeiro da Aeronáutica Edgard de Oliveira Júnior que move ação contra Davincci também por calúnia e difamação em conjunto com Rosana de Camargo Arruda Botelho, como pode ser conferido no link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/113222666/djsp-judicial-2a-instancia-14-04-2016-pg-440

Advogado do Grupo Conquista processa Davincci por calúnia e difamação

O Grupo Conquista era o responsável por cuidar da sociedade envolvendo Davincci e a Demoseille. Com o fim da parceria, Davincci passou a atacar um dos advogados do grupo que foi a justiça para se proteger, ingressando com mais uma ação para Davincci de calúnia e difamação como está no link: https://www.jusbrasil.com.br/diarios/106238813/djsp-judicial-1a-instancia-capital-14-12-2015-pg-83

Davincci possui mais de 100 resultados em site de consultas de processos

Para quem ainda tem alguma dúvida sobre tudo o que se fala a respeito de Davincci que pode ser comprovada em uma rápida olhada em suas redes sociais, também é possível fazer essa busca judicialmente através do site JusBrasil que agrega notícias judiciais e os processos públicos que correm na Justiça Brasileira. Com a busca “Davincci Lourenço de Almeida” são mais de 100 resultados com várias ações que correm na justiça.

Você pode conferir a busca completa clicando no link: https://www.jusbrasil.com.br/busca?q=davincci+louren%C3%A7o+de+almeida

Para saber mais sobre Davincci Lourenço de Almeida confira algumas outras informações


Os diferentes “personagens” que Davincci Lourenço de Almeida finge ser nas redes sociais
https://davinccialmeida.wordpress.com/2017/06/28/quem-e-davincci-lourenco-de-almeida-a-fonte-da-revista-istoe/

O que a mídia descobriu sobre sobre Davincci Lourenço de Almeida depois da reportagem da IstoÉ que acusa o ex-presidente Lula
https://davinccialmeida.wordpress.com/2017/06/28/quem-e-davincci-lourenco-de-almeida-a-fonte-da-revista-istoe/

As “teorias da conspiração” e acusações sem pé nem cabeça publicadas na internet por Davincci Lourenço de Almeida
https://davinccialmeida.wordpress.com/2017/07/03/davincci-lourenco-de-almeida-10-historias-curiosas-que-ele-contou-nas-redes/

 

Fontes de informação e referências:
JusBrasil: https://www.jusbrasil.com.br/busca?q=davincci+louren%C3%A7o+de+almeida
Inicial da ação contra Davincci pelo ex-presidente Lula: http://www.conjur.com.br/dl/acao-danos-morais-lula-istoe.pdf
Boato.org desmente Davincci: http://www.boatos.org/politica-2/russomanno-fraudou-urnas-eleicoes.html
Conversa Afiada: https://www.conversaafiada.com.br/pig/lula-vai-para-cima-da-quantoe
Paraná Portal: http://paranaportal.uol.com.br/operacao-lava-jato/lula-processa-istoe-por-capa-do-fim-de-semana/
Sul 21: http://www.sul21.com.br/jornal/lula-processa-revista-isto-e-por-materia-mentirosa-e-sensacionalista/
Caderno Político: http://cadernopolitica.com.br/2017/02/24/deu-se-mal-lula-processa-revista-istoe-por-materia-mentirosa/
Canal Notícias Comentadas: https://www.youtube.com/watch?v=64qR_hjFWxw

Anúncios

4 comentários em “Davincci Lourenço de Almeida está sendo processado por um ex-presidente e algumas das maiores empresas do Brasil

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s