Davincci Lourenço de Almeida: o que a mídia falou dele depois da reportagem na IstoÉ

Na entrevista para a IstoÉ a revista o caracterizou como “químico sem formação superior”, o que quer que isso signifique. A reportagem também não traz muitas informações a respeito de Davincci Lourenço de Almeida ou esclarece se ele tem como comprovar tudo o que reportou aos jornalistas. O que sabemos sobre ele, um “químico sem formação superior”, é que era amigo e confidente de um dos empresários mais reconhecidos do país, Fernando de Arruda Botelho, que morreu em um acidente aéreo. A reportagem da IstoÉ reproduz o que Davincci Lourenço de Almeida disse, mas, ao menos no texto publicado, não mostra que consultou outras pessoas que poderiam desmentir ou comprovar a história.

quem é davincci lourenço de almeida

Os blogs falam de Davincci Lourenço de Almeida

Após a publicação da reportagem, imediatamente diversos blogs e até mesmo o presidente Lula refutaram categoricamente a reportagem da IstoÉ e desmascaram Davincci, mostrando a sua verdadeira face que iremos expor aqui.

A IstoÉ ainda ressalta no trecho:

Ele não soube precisar valores, mas contou que o dinheiro foi conduzido por ele no início de fevereiro de 2012 do hangar da Camargo Corrêa em São Carlos (SP) até a sede da Morro Vermelho Táxi Aéreo em Congonhas, também de propriedade da empreiteira. Segundo o relato, a mala foi entregue por Davincci nas mãos de um funcionário da Morro Vermelho, William Steinmeyer, o “Wilinha”, a quem coube efetuar o repasse ao petista. “O dinheiro estava dentro de um saco, na mala. Deixei o saco com o dinheiro, mas a mala está comigo até hoje”, disse.

Como a revista qualificou Davincci Lourenço de Almeidana reportagem:

O personagem que estampa a capa desta edição de ISTOÉ chama-se Davincci Lourenço de Almeida. Entre 2011 e 2012, ele privou da intimidade da cúpula de uma das maiores empreiteiras do País, a Camargo Corrêa. Participou de reuniões com a presença do então presidente da construtora, Dalton Avancini, acompanhou de perto o cotidiano da família no resort da empresa em Itirapina (SP) e chegou até fixar residência na fazenda da empreiteira situada no interior paulista. A estreitíssima relação fez com que Davincci, um químico sem formação superior

Por isso separamos alguns pontos que precisam ser observados para conhecer o verdadeiro Davincci Lourenço de Almeida.

O que a mídia falou de Davincci Lourenço de Almeida

1. Brasil 247: PT: ‘ISTOÉ PUBLICA SEU EPITÁFIO EDITORIAL NA CAPA’

2. Tijolaço: IstoÉ perde todos os limites e põe alucinado para atacar Lula

3. Jornal GGN: Fonte da IstoÉ se contradiz ao acusar Lula, e entregador da “mala de dinheiro” desmente

4. Rede Brasil Atual: O “delator” da Istoé faz outra grave denúncia: que a dengue e o zika vírus são “manipulações” de Dilma Rousseff

5. Revista Fórum: Sujeito que denuncia Lula na “Isto É” é visivelmente perturbado

6. Altamiro Borges: Fonte da IstoÉ se contradiz ao acusar Lula

7. Caviar Esquerda: Conheça o demente Davincci Lourenço, fonte da revista Quanto É para atacar Lula

8. Blog da Cidadania: Será que não tem Google na sede da IstoÉ?

9. Bem Blogado: A capa da IstoÉ e a pós-morte do falecido jornalismo

10. 4 cantos: Perturbado de Verdade: Buscamos informações sobre o cara da revista

11. O Palheiro: “Quando a revista tentou tirar mais informações da menção ao ex-presidente. Em determinado momento, a fonte diz que iria acusar “todo mundo”

Davincci Lourenço de Almeida na Mídia

1. Brasil 247: https://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/281097/PT-%27Isto%C3%89-publica-seu-epit%C3%A1fio-editorial-na-capa%27.htm

A matéria da IstoÉ, inventada, e sem qualquer prova, atropela as mínimas regras do jornalismo, mas principalmente ultrapassa todos os limites da honestidade. Mais do que acusar Lula, a capa da IstoÉ é um definitivo epitáfio na lápide da publicação que insiste em atacar o PT para facilitar a destruição do Estado nacional e a entrega do país aos interesses externos.

Brasil_247

2. Tijoçaço: http://www.tijolaco.com.br/blog/istoe-perde-todos-os-limites-e-poe-alucinado-para-atacar-lula/

O grande furo de reportagem da revista Istoé é um sujeito com toda a pinta de desequilibrado que diz ter levado “uma mala de dinheiro” a Lula na “Morro Vermelho”, uma empresa do grupo Camargo Correa. Trata-se do cidadãoDavincci Lourenço de Almeida, que diz ser “sócio de um ex-acionista da Camargo Correa”, morto há cinco anos.

davincci lourenço de almeida

3. Jornal GGN: http://jornalggn.com.br/noticia/fonte-da-istoe-se-contradiz-ao-acusar-lula-e-entregador-da-mala-de-dinheiro-desmente 

Foi descrito pela publicação como uma pessoa próxima da família do ex-presidente da construtora, Dalton Avancini. Mas a revista, que ganhou o contato pelo promotor José Carlos Blat, do Ministério Público de São Paulo, revelou apenas partes recortadas do suposto furo e evitou aprofundar quem é Davincci Lourenço de Almeida.

davincci_lourenço_de_almeida_1

4. Rede Brasil Atual: http://www.redebrasilatual.com.br/blogs/blog-na-rede/2017/02/istoe-perde-todos-os-limites-e-poe-alucinado-para-atacar-lula

Pô, Lula, quando você ganhar uma indenização da seríssima Istoé, manda alguém fazer uma doação pro Tijolaço, nem que seja um adicional por insalubridade de eu ter assistido essas drogas. Eu não sei o que acabou primeiro: a inteligência, a decência ou o jornalismo.

rede_brasil_atual

5. Revista Fórum: http://www.revistaforum.com.br/2017/02/20/sujeito-que-denuncia-lula-na-isto-e-e-visivelmente-perturbado/

Um sujeito completamente perturbado é a fonte da revista “Isto É” desta semana que denuncia Lula. Sem apresentar nenhuma prova, ele teria sido emissário de uma mala repleta de dólares para o ex-presidente Lula. Vídeos postados pelo sujeito no Youtube, no entanto, mostram que é uma pessoa desequilibrada, que toma água parada há 50 dias para provar que o “seu mosquito (da dengue) não é manipulado pelo PT” entre outras bizarrices.

Revista_forúm

6. Altamiro Borges: http://altamiroborges.blogspot.com.br/2017/02/fonte-da-istoe-se-contradiz-ao-acusar.html

Na conclusão, foram três versões diferentes informadas por Davincci Lourenço de Almeida à IstoÉ: a primeira, de que Lula recebeu a mala de dinheiro dentro do Morro Vermelho Táxi Aéreo. A segunda, de que o acionista da Camargo Corrêa Fernando de Arruda Botelho pediu para deixar a mala no local e que acredita que Lula foi buscar. E a terceira, de que, na verdade, entregou a mala de dinheiro a William Steinmeyer, um funcionário da Morro Vermelho. Questionado por último se Lula pegou a mala na sequência, apenas conseguiu confirmar que “a ordem do Fernando era para entregar para o presidente”.

altamiro_borges

 

 

 

7. Caviar Esquerda: http://caviaresquerda.blogspot.com.br/2017/02/conheca-o-demente-davincci-lourenco.html

“Conheça melhor o doente mental usado pela Quanto É em seu Facebook”

Esquerda_caviar

8. Blog da Cidadania: http://www.blogdacidadania.com.br/2017/02/sera-que-nao-tem-google-na-sede-da-istoe/

Não param de surgir informações pouco abonadoras sobre a pessoa que convenceu a revista IstoÉ de que seria fonte suficientemente crível para um ataque “mortal” contra o líder de intenções de voto para presidente da República em 2018, Luiz Inácio Lula da Silva.  Qualquer busca por aí resultará em muito mais fatos impressionantes sobre a fonte que deu a capa da IstoÉ desta semana. Será que não tem Google na sede da revista? Valeria dar uma busca no nome de suas fontes. Economizaria seu tempo e o nosso.

Blog_da_Cidadania_

9. Bem blogado: http://bemblogado.com.br/site/a-capa-da-istoe-e-a-pos-morte-do-falecido-jornalismo/

As reações à capa da Istoé mostrando o cidadão que teria entregado uma mala de dinheiro ao Lula oscilaram entre a seriedade, a ironia e o sarcasmo. Além de ser especialista em mosquitos do PT, o autor da denúncia contra Lula também tem capivara criminal.

bem_blogado

10. 4 cantos: http://jornal4cantos.com.br/perturbado-de-verdade-buscamos-informacoes-sobre-o-cara-da-revista/

Um sujeito completamente perturbado chamado Davincci Lourenço de Almeida é a fonte da revista “Isto É” desta semana que denuncia Lula. Até ai tudo bem, chuva de denuncias contra o ex-presidente aparecem constantemente. MAs quem é essa figura que apareceu na capa da revista?

4_cantos

11. O Palheiro: http://www.opalheiro.com.br/fonte-da-istoe-se-contradiz-ao-acusar-lula-e-entregador-da-mala-de-dinheiro-desmente/

A afirmação à revista de que ele levou uma mala de dinheiro para Lula veio apenas após três entrevistas concedidas. O vídeo final apresentado pela IstoÉ é uma mistura de trechos. Em um primeiro momento por telefone a repórteres e, em seguida, aparentemente presencialmente, quando a revista tentou tirar mais informações da menção ao ex-presidente. Em determinado momento, a fonte diz que iria acusar “todo mundo”

O_palheiro

Os vídeos de Davincci Lourenço de Almeida na internet

Confira aqui também os vídeos publicados pelos blogs a respeito de Davincci.

Para mais informações sobre Davincci Lourenço de Almeida continue navegando pelo blog.

Lula entra com ação contra IstoÉ e Davincci Lourenço de Almeida

 

Via 247 – A defesa do ex-presidente Lula propôs ação de reparação por danos morais contra a Editora Três, Sérgio Pardellas, Germano Oliveira e Davincci Lourenço de Almeida em decorrência da reportagem “Levei mala de dinheiro para Lula”.

Os advogados pedem a condenação solidária dos réus ao pagamento de indenização no valor de R$ 1 milhão. Eles afirmam que o texto é “mentiroso e sensacionalista”, além de haver uma “infame e leviana acusação sobre uma ‘mala de dinheiro’ recebida por Lula em troca de suposta ajuda para a construtora Camargo Corrêa”.

Leia a nota:

Nota

Na condição de advogados do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, propusemos hoje (23/02/2017) ação de reparação por danos morais contra a Editora Três Ltda. (em recuperação judicial), Sérgio Pardellas, Germano Oliveira e Davincci Lourenço de Almeida em decorrência da reportagem “Levei mala de dinheiro para Lula”, texto mentiroso e sensacionalista publicado na IstoÉ (edição nº 2462 de 22/2/2017). A ação pede a condenação solidária dos réus ao pagamento de indenização no valor de R$ 1 milhão.

Os demandados se acumpliciaram para produzir essa infame e leviana acusação sobre uma “mala de dinheiro” recebida por Lula em troca de suposta ajuda para a construtora Camargo Correia “fechar” um contrato com a Petrobras. Tal fato jamais ocorreu. O mais grave é que a reportagem fiou-se na fantasiosa versão de Davincci Lourenço de Almeida, pessoa cujo histórico de vida contempla outros atentados contra a honra alheia.

Cabe registrar que, no período da acusação formulada pelos demandados, Lula não exercia qualquer cargo público e passava por um intenso tratamento de saúde, buscando a cura de um câncer.

IstoÉ foge à responsabilidade de uma imprensa séria, preocupada em apurar a verdade dos fatos. Mais do que isso, afronta os direitos à personalidade que são assegurados a Lula pela Constituição Federal.​

Cristiano Zanin Martins & Roberto Teixeira

Davincci Lourenço de Almeida segundo o blog Tijolaço: “ISTOÉ perde todos os limites e põe alucinado para atacar Lula”

Do blog Tijolaço

O grande furo de reportagem da revista Istoé é um sujeito com toda a pinta de desequilibrado que diz ter levado “uma mala de dinheiro” a Lula na “Morro Vermelho”, uma empresa do grupo Camargo Correa.

Trata-se do cidadão Davincci de Arruda Botelho, que diz ser “sócio de um ex-acionista da Camargo Correa”, morto há cinco anos.

Veja a apresentação da matéria:

O personagem que estampa a capa desta edição de ISTOÉ chama-se Davincci Lourenço de Almeida. Entre 2011 e 2012, ele privou da intimidade da cúpula de uma das maiores empreiteiras do País, a Camargo Corrêa. Participou de reuniões com a presença do então presidente da construtora, Dalton Avancini, acompanhou de perto o cotidiano da família no resort da empresa em Itirapina (SP) e chegou até fixar residência na fazenda da empreiteira situada no interior paulista. A estreitíssima relação fez com que Davincci, um químico sem formação superior(???), fosse destacado por diretores da Camargo para missões especiais. Em entrevista à ISTOÉ, concedida na última semana, Davincci Lourenço de Almeida narrou a mais delicada das tarefas as quais ficou encarregado de assumir em nome de acionistas da Camargo Corrêa: o transporte de uma mala de dinheiro destinada ao ex-presidente Lula. “Levei uma mala de dólares para Lula”, afirmou à ISTOÉ.

Não precisa força-tarefa para se  ter ideia de quem é Davincci Lourenço de Almeida, basta o Youtube.

Aqui você vê o sujeito em cima de um caminhão pedindo intervenção militar, dizendo-se “químico-físico das Forças Armadas” e contando ter sido procurado para “fazer a nanotecnologia das aeronaves do Exército”. Parei aí, mas quem quiser pode ver o resto.

Já aqui, o “delator” da Isto é faz outra grave denúncia: que a dengue e o zika virus são “manipulações” de Dilma Rousseff e apresentando o “seu” mosquito,  “que não é do PT”.

Em outra, o cidadão diz que Celso Russomano é cúmplice da manipulação de urnas eletrônicas.

Pô, Lula, quando você ganhar uma indenização da seríssima “Istoé”, manda alguém fazer uma doação pro Tijolaço, nem que seja um adicional por insalubridade de eu ter assistido essas drogas.

Eu não sei o que acabou primeiro: a inteligência, a decência ou o jornalismo.

Davincci Lourenço de Almeida: o governo trouxe a Zika e a dengue para tirar foco dos “roubos” da presidente Dilma

Veja o vídeo, postado nas redes sociais, em que Davincci Lourenço de Almeida bebe um copo de água parada e suja para provar que Zika e dengue foram “manipuladas” e trazidas propositalmente ao Brasil por razões políticas.

“O meu mosquito não é do PT”, diz Davincci Lourenço de Almeida após beber um copo que diz estar “há mais de 50 dias” com água parada.